Provas da Uniasselvi - Geografia dos Continentes

Pra dar aquela forcinha na hora de estudar 📖 ...uma ajudinha :D ✌️  👌  😜


Avaliação Final (Discursiva) - Individual e sem Consulta

Geografia dos Continentes 

QUESTÃO:
1. O clima que predomina na Antártica é polar, em que as temperaturas são muito baixas, geralmente abaixo de 0 °C, durante todo o ano. Por apresentar essas características climáticas, forma-se na região uma intensa massa de ar frio, chamada de massa polar, que influencia o clima de todo o hemisfério sul. Além disso, o clima modifica a paisagem da própria região. Nesse contexto, escreva uma redação com o tema: A IMPORTÂNCIA DO CLIMA NA FORMAÇÃO DA PAISAGEM ANTÁRTICA.

RESPOSTA ESPERADA:
Devido ao clima, 99,7 % da superfície da Antártica é coberta por gelo, com uma espessura média de 2034 m de profundidade. Esse gelo foi acumulado a milhares de anos pela ocorrência de precipitação em forma de neve. As águas próximas ao continente também permanecem congeladas durante o verão e inverno. Além disso, as baixas temperaturas e a neve fazem surgir plataformas de gelo e também icebergs. Em algumas áreas forma-se gelo azul, devido à compactação da neve sob grande pressão no fundo de uma geleira. O clima contribuiu para que um dos maiores lagos do continente se encontre, atualmente, abaixo de milhares de metros de gelo. Devido às condições rigorosas do clima, não há presença de muitas espécies vegetais e animais, mas algumas se adaptam a essas condições e vivem no continente, como os pinguins.

 

QUESTÃO:
2. A Austrália e a Nova Zelândia têm algumas coisas em comum, como: pertencem ao continente da Oceania, destacam-se economicamente, estão entre os maiores IDHs do mundo e foram colonizadas por britânicos. Apesar de a colonização ter a mesma origem, o processo de colonização ocorreu de forma diferenciada. Neste sentido, disserte sobre as principais diferenças entre o processo de colonização da Austrália e da Nova Zelândia.

RESPOSTA ESPERADA:
Primeiramente, a Austrália serviu como receptora de prisioneiros britânicos, ou seja, não havia no começo a intenção de criar uma colônia de povoamento na Austrália. Posteriormente, com a descoberta do ouro na Austrália, houve um maior interesse britânico em povoar este país, fazendo com que houvesse um maior número de migrantes. Já na Nova Zelândia, a colonização foi tardia, e houve conflitos com a população que ali residia, os maoris. Para a colonização britânica se efetuar, foi necessário criar um tratado, garantindo terras à população nativa. No entanto, este tratado gera conflitos até os dias atuais.

QUESTÃO:
3. Os países do continente africano estão entre os piores países com índice de desenvolvimento humano (IDH) do mundo. A miséria e a fome assolam a realidade de muitos africanos, principalmente os que vivem no Sudão, Etiópia, Somália, Moçambique e Libéria. Essa realidade é soma de vários condicionantes, como a colonização, a separação do território africano, as guerras civis, entre outros. Neste contexto, disserte sobre a influência da colonização no desenvolvimento deste quadro econômico na África.

RESPOSTA ESPERADA:
A primeira etapa da colonização da África por europeus intensificou a escravidão dos africanos e o comércio de escravo, trazendo poder econômico para os colonizadores. Posteriormente, a colonização europeia repartiu a África de acordo com seus interesses, sem respeitar a diversidade étnica do continente, o que gerou conflitos armados no continente e, assim, empobrecimento econômico, social e político. Na África do Sul, o apartheid, fruto da colonização e dominação britânica, além de produzir segregação racial, trouxe um cenário de concentração da riqueza e do poder somente para os britânicos.

QUESTÃO:
4. A Europa é o segundo menor continente do planeta e cobre somente 2% da superfície do planeta. Por ser um continente menor, suas características físicas não são tão diversas quanto o continente americano ou africano, por exemplo, sendo que a Europa se encontra totalmente no hemisfério norte e o Círculo Polar Ártico cruza seu território. Diante destas informações, disserte sobre os principais aspectos físicos da Europa.

RESPOSTA ESPERADA:
Na Europa, predominam complexos montanhosos, extensas planícies e planaltos antigos que foram erodidos, dando origem a outras formas de relevo. Predominam no continente duas zonas climáticas: a polar e a temperada. Assim, as latitudes, altitudes e o efeito de continentalidade influenciam no clima europeu. Na área de clima polar, predomina o bioma de tundra, que é mais adaptado ao frio. As florestas coníferas também se encontram em regiões de clima mais frio da Europa. Já nas regiões temperadas predominam florestas mais densas, denominadas de Florestas Temperadas. Algumas espécies dessas florestas são caducifoliar, ou seja, suas folhas caem no inverno.

Provas da Uniasselvi - Estrutura e Funcionamento do Ensino

Pra dar aquela forcinha na hora de estudar 📖 ...uma ajudinha :D ✌️  👌  😜


Avaliação Final (Discursiva) - Individual e sem Consulta 

Estrutura e Funcionamento do Ensino


QUESTÃO:
1. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB n.9.394/96) afirma que o fortalecimento das relações da escola com seu entorno sociofamiliar e comunitário é obrigação legal (artigos 12,13,14). Partindo desta constatação, escreva uma redação, individualmente, com o tema: A IMPORTÂNCIA DA TRÍADE ESCOLA, FAMÍLIA E COMUNIDADE NA VIDA DOS EDUCANDOS, baseando-se nos conteúdos estudados na Unidade 1.
RESPOSTA ESPERADA:
Ao dissertar sobre o tema: A IMPORTÂNCIA DA TRÍADE ESCOLA, FAMÍLIA E COMUNIDADE NA VIDA DOS EDUCANDOS, espera-se que o acadêmico apresente algumas vantagens para esse trabalho/parceria entre os três eixos educativos, pois a escola complementa, em muitos aspectos, ações da família e da comunidade. O acadêmico deverá observar o que diz o Estatuto da Criança e do Adolescente em relação aos cuidados e obrigações em relação à vida de nossos educandos. Neste sentido, será interessante escrever com suas palavras o que diz o referido Estatuto, criado pela Lei número 8.069 de 1990:
"É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão."
Vale ressaltar que a lei é clara quando afirma o papel complementar da escola em relação à educação familiar, portanto a instituição de ensino não substitui o papel da família.
A função da escola não é apenas cuidar da criança, mas sim, cuidar e educar.
A tríade ESCOLA, FAMÍLIA E COMUNIDADE precisa caminhar de forma sincronizada e na mesma direção, cada uma desempenhando seu papel, de acordo com suas obrigações legais, mas em prol de um objetivo comum: a formação integral do educando.

QUESTÃO:
2. O sistema escolar recebe “inputs”, que são as contribuições da sociedade, e devolve “outputs”, que são as contribuições da escola para a sociedade. Com base nos estudos realizados na disciplina, cite três contribuições do sistema escolar para a sociedade e três contribuições da sociedade para o sistema escolar.
RESPOSTA ESPERADA:
No que se refere às contribuições do sistema escolar, alguns aspectos que podem ser observados são a melhoria do nível cultural da população, o aperfeiçoamento dos indivíduos, a formação de recursos humanos, o desenvolvimento de pesquisas, o desenvolvimento científico e tecnológico. Já em relação às contribuições da sociedade para com o sistema escolar, alguns aspectos que podem ser observados são a definição dos objetivos a serem alcançados; o conteúdo cultural, isto é, os conhecimentos construídos historicamente ao longo do tempo; os recursos financeiros necessários à manutenção de qualquer sistema escolar; os recursos materiais necessários para o funcionamento do sistema escolar; os alunos, motivo principal da existência das escolas.
QUESTÃO:
3. O Plano Nacional de Educação (PNE) surgiu a partir de deliberações da Constituição Federal de 1988. De acordo com o PNE são definidas diretrizes e metas para os níveis e modalidades de ensino, formação de professores e valorização do magistério e o financiamento e gestão. Nesse contexto, descreva algumas características do PNE e algumas metas.
RESPOSTA ESPERADA:
A partir do Art. 214 da Constituição Federal é estabelecido o Plano Nacional de Educação (PNE). Desse modo, em um prazo de dez anos, confere estabilidade às iniciativas governamentais na área da educação e apresenta diretrizes e metas para os níveis e modalidades de ensino, formação de professores e valorização do magistério e o financiamento e gestão. As metas compreendem a erradicação do analfabetismo, a universalização do atendimento escolar, a melhoria da qualidade do ensino, a formação para o trabalho e a promoção humanística, científica e tecnológica do país.
A intenção do PNE é gerar uma reflexão sobre a educação nacional, seus problemas, suas virtudes e seus desafios. Com isso, pretende alcançar um nível de desenvolvimento educacional compatível com as características do início de século XXI, como a globalização.
Na Lei nº 9.394/96 é instituída a “Década da Educação”, conforme o Artigo 87: “é instituída a Década da Educação, a iniciar-se um ano a partir da publicação desta Lei”.
QUESTÃO:
4. O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) entrou em vigor no ano de 2007. Nesse sentido, pontue quais os níveis beneficiados e descreva suas principais contribuições para a educação.
RESPOSTA ESPERADA:
* FUNDEB veio para beneficiar alunos de creches, das pré-escolas, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA).
* Irá substituir o antigo FUNDEF, que financiava somente o Ensino Fundamental.
* Amplia as fontes de financiamento da União no provimento da Educação Básica, em que o previsto é que os Estados e Municípios deverão investir gradualmente 20% dos recursos (impostos, transferências governamentais) já vinculados constitucionalmente à educação para seus 14 anos de vigência.
* Tem como principal mudança a correção de desigualdades regionais na educação, onde os estados mais pobres da Federação terão recursos compatíveis com o investimento por aluno, garantindo, assim, o mínimo de qualidade de ensino.
* Serão beneficiadas escolas com matrículas de alunos indígenas, quilombolas e de educação especial.

Provas da Uniasselvi História da Educação

Pra dar aquela forcinha na hora de estudar 📖 ...uma ajudinha :D ✌️  👌  😜

Avaliação Final (Discursiva) - Individual e sem Consulta 
História da Educação 



QUESTÃO:
1. Através das obras Ilíada e Odisseia, de Homero, encontramos os primeiros registros sobre a história da educação grega, que por sua vez privilegiava uma formação militar e instigava o desejo pela glória. Partindo desse pressuposto, você deve desenvolver uma redação com o seguinte tema: OS PRINCÍPIOS DA EDUCAÇÃO HOMÉRICA.
RESPOSTA ESPERADA:
Ao dissertar sobre o tema: OS PRINCÍPIOS DA EDUCAÇÃO HOMÉRICA, espera-se que o acadêmico aborde sobre as características desse modelo de educação que faz referência ao ideal de homem, baseado na ação e na sabedoria. Descreva os fundamentos da educação homérica, a saber, o técnico, caracterizado pelo manejo de armas, prática de esportes, artes musicais, oratória e a construção de uma ética cavalheiresca, baseada na imagem de um herói que luta por sua honra, além de abordar a importância do treinamento militar para os gregos, em detrimento ao saber.

QUESTÃO:
2. Sabemos que o estudo da história da educação é importante, especialmente para os que se preparam para a profissão de educadores(as). Todavia, muitos autores não concordam com esta afirmação e relativizam essa importância. Pensando na sua atuação como futuro professor, escreva uma redação com o seguinte tema: QUAL A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PARA A DOCÊNCIA?
RESPOSTA ESPERADA:
Esperamos que o acadêmico relacione as seguintes afirmações:
* Para pensar os indivíduos como produtores de história.
* Para explicar que não há mudança sem história.
* A reflexão histórica, mormente no campo educativo, não serve para "descrever o passado", mas, sim, para nos colocar perante um patrimônio de ideias, de projetos e de experiências.
* Para compreender a lógica das identidades múltiplas – Uma das funções principais do historiador da educação é compreender esta lógica de "múltiplas identidades", por meio da qual se definem memórias e tradições, pertenças e filiações, crenças e solidariedades. A história cumpre elucidar este processo e, por esta via, ajudar as pessoas (e as comunidades) a darem um sentido ao seu trabalho educativo.
* Para cultivar um saudável ceticismo – Vivemos um mundo do espetáculo e da moda, particularmente no campo da educação. A "novidade" tende a ser vista como um elemento intrinsecamente positivo. Há uma inflação de métodos, técnicas, reformas, tecnologias. Mais do que nunca é preciso estarmos avisados em relação a esta "novidade", evitando o frenesi da mudança que serve, regra geral, para que tudo continue na mesma. A história da educação é um dos meios mais eficazes para cultivar um saudável ceticismo, que evita a “agitação” e promove a "consciência crítica".

QUESTÃO:
3. A educação está presente em todos os momentos da história da sociedade, desde as mais primitivas, em que podemos notar um processo educativo através do envolvimento dos indivíduos e da imitação, até os modelos educacionais contemporâneos, organizados e sistematizados. Neste sentido, comente a relevância do estudo da História da Educação para a docência.
RESPOSTA ESPERADA:
* Permite o conhecimento dos modelos educacionais abordados ao longo da história das civilizações e suas consequentes contribuições.
OU
* Proporciona a análise das causas e consequências de determinados modelos educacionais.
OU
* Possibilita o conhecimento do passado educativo da humanidade
.

QUESTÃO:
4. A Educação Patrística definiu o pensamento cristão, assim como consolidou as doutrinas da igreja. Consistia na elaboração doutrinal das verdades de fé do cristianismo e na sua defesa contra os ataques dos “pagãos” e contra as heresias. De acordo com os seus estudos, escreva sobre a Educação Patrística.
RESPOSTA ESPERADA:
O acadêmico deve escrever pelo menos três dos itens a seguir:
- é a filosofia cristã nascida nos primórdios da Igreja;
- deriva de Pater (pai);
- nasceu da necessidade do cristianismo firmar-se como doutrina contra as heresias;
- também deveria firmar-se como filosofia que superasse o paganismo que os cristãos combatiam;
- a educação Patrística é apologética (parte da Teologia destinada a defender a religião contra os ataques dos adversários);
- definiu o pensamento cristão e consolidou a doutrina da Igreja;
- fez amadurecer os conceitos fundamentais de teologia católica.

QUESTÃO:
5. A educação difusa, observada entre as sociedades tribais, é caracterizada pelo aprendizado através da imitação e pela participação de todos no processo educativo. Comente sobre esse modelo educacional em que as crianças aprendem as artes, ofícios e ritos, vinculando-se ao restante do grupo e criando, assim, sua identidade étnica e cultural.
RESPOSTA ESPERADA:
* As crianças aprendem para a vida e por meio da vida observando e imitando as ações dos mais velhos.
OU
* A formação é integral, abrangendo todo o saber da tribo.
OU
* Todos participam desse processo educativo. As crianças adquirem gradativamente os conhecimentos necessários e considerados essenciais para a tribo.
OU
* Os adultos demonstram muita paciência com os enganos infantis e respeitam o seu ritmo próprio.
OU
* Todos podem ter acesso ao saber e ao fazer apropriados pela comunidade.


QUESTÃO:
6. Ao longo do tempo a escola foi se transformando e adquirindo características modernas de educação. Nesse sentido, cite, no mínimo, três características da ESCOLA BURGUESA.
RESPOSTA ESPERADA:
Ao responder, espera-se que o acadêmico leve em consideração os seguintes aspectos:
- A educação fica ao encargo do Estado.
- Obrigatoriedade e gratuidade do ensino elementar.
- Nacionalismo, ou seja, a recusa do universalismo jesuítico.
- Ênfase nas línguas vernáculas, em detrimento do latim.
- Orientação prática, voltada para as ciências, técnicas e ofícios, não mais privilegiando o estudo exclusivamente humanístico.


QUESTÃO:
7. Entre os principais fatores da crise do Império Romano do Ocidente estava a grande extensão das suas fronteiras. Mantê-las protegidas das constantes invasões dos bárbaros exigia do Estado muito dinheiro para pagar o exército e os funcionários administrativos. De acordo com seus estudos, escreva quem eram os bárbaros.
RESPOSTA ESPERADA:
O acadêmico deve escrever pelo menos três dos itens a seguir:
- a palavra bárbaro é de origem grega e significa estrangeiro ou povo selvagem;
- para os romanos, eram povos que invadiam territórios;
- não falavam o latim e o grego;
- também não seguiam as normas do Império;
- o principal povo bárbaro foram os germânicos, que se subdividiam em: Visigodos, Suevos, Lombardos, Ostrogodos, Anglos e Saxões, Francos, Burgúndios e Vândalos.


QUESTÃO:
8. Com São Tomás de Aquino, a Igreja tem uma Teologia e uma Filosofia que se fundem numa síntese definitiva: fé e razão, unidas em sua orientação comum rumo a Deus. Sustentou que a filosofia não pode ser substituída pela teologia e que ambas não se opõem. Afirmou também que não pode haver contradição entre fé e razão. De acordo com seus estudos, escreva sobre a importância de São Tomás de Aquino para a Igreja.
RESPOSTA ESPERADA:
O acadêmico deve escrever pelo menos três itens a seguir:
- foi grande a influência de São Tomás de Aquino no pensamento da Igreja Católica;
- o Papa Pio X proclamou o pensamento de São Tomás de Aquino como íntegro, incorruptível e fonte inesgotável para a ciência;
- a sua obra Summa Theologica se constitui numa das bases do catolicismo, uma bíblia incontestável em todas as escolas católicas, exceto a franciscana;
- São Tomás de Aquino é lembrado em todos os documentos oficiais da Igreja;
- a encíclica (um documento em formato de carta), de João Paulo II, dedica um tópico especial ao pensamento de São Tomás de Aquino;
- São Tomás de Aquino escreveu: “Parece que só Deus deve ser chamado Mestre”;
- Ele afirmava que “a educação é uma atividade que torna realidade aquilo que é potencial
".

QUESTÃO:
9. No desenvolvimento dos estudos em história, por motivo de maior compreensão dos conhecimentos sistematizados, convencionou-se a divisão dos estudos em dois períodos distintos, a saber: Pré-história e História. Descreva a diferença entre esses dois períodos.
RESPOSTA ESPERADA:
Espera-se que o acadêmico responda:
- Pré-história: é o estudo das origens da humanidade e que vai até o aparecimento da escrita;
- História: compreende o período da invenção da escrita até a atualidade.

QUESTÃO:
10. Durante o período da Ditadura Militar, observou-se uma proposta antidemocrática e ideológica com relação à Educação. Além disso, outras atitudes caracterizaram este período. Quais foram?
RESPOSTA ESPERADA:
O acadêmico deverá escrever com suas palavras pelo menos três dos seguintes itens:
- muitos professores foram presos e torturados;
- universidades foram tomadas;
- estudantes foram perseguidos, presos e feridos nos confrontos com a polícia;
- a União Nacional dos Estudantes (UNE) foi proibida de funcionar.


QUESTÃO:
11. A Revolução de 1930 é considerada por muitos historiadores o movimento mais importante da história do Brasil. Neste período a sociedade brasileira viveu importantes mudanças, acelerou-se o processo de urbanização e a burguesia começou a participar mais efetivamente da vida política nacional. Além disso, a Revolução contribuiu muito para as mudanças da realidade educacional do país. Partindo desse pressuposto, discorra sobre as efetivas mudanças ocorridas no campo educacional brasileiro a partir da Revolução de 1930.
RESPOSTA ESPERADA:
O acadêmico deverá escrever os seguintes itens:
- A Revolução de 1930 serviu como marco inicial na criação de um sistema nacional de educação sólida.
- Muitos dos reformadores educacionais da década anterior (1920) passaram a ocupar cargos importantes na área da educação e cultura do novo governo.
- Esse fator contribuiu de forma decisiva para o implemento das políticas públicas relacionadas à educação no início da década de 1930.

QUESTÃO:
12 . De maneira geral, a sociedade foi influenciada pela civilização grega, mas no campo da filosofia é que a contribuição dessa civilização trouxe maiores contribuições, especialmente a partir dos estudos racionais, que tiveram como principais expoentes três grandes filósofos. Quais são eles e quais suas principais contribuições?
RESPOSTA ESPERADA:
Espera-se que o acadêmico escreva o nome e as principais contribuições dos filósofos: Sócrates, Platão e Aristóteles.
- Sócrates: desenvolveu um método prático baseado no diálogo e no questionamento e que tem a razão como seu fundamento principal. Seu método consta de duas fases: a ironia e a maiêutica.
- Platão: suas ideias eram baseadas na diferenciação do mundo entre as coisas sensíveis (mundo das ideias e a inteligência) e também as coisas visíveis (seres vivos e a matéria).
- Aristóteles: explicou tão simplesmente quanto possível cada trecho de conhecimento do mundo do seu tempo. Para ele, suas conclusões eram verdadeiras, porque se podia chegar a elas através da sua argumentação lógica. Pode ser considerado o criador do estudo da lógica.

QUESTÃO:
13. Os estabelecimentos educacionais criados pelos jesuítas eram obrigados a seguir normas padronizadas, sistematizadas no Tratado Ratio Studiorum, que continha um currículo único para estudos escolares e que se dividia em dois graus. Partindo desse pressuposto, descreva os dois graus em que estava dividido esse currículo.
RESPOSTA ESPERADA:
O acadêmico escreve que o currículo estava dividido da seguinte forma:
- Studia Inferiora, desenvolvido em até sete séries anuais;
- Studia Superiora, que compreendia os cursos de Filosofia e Teologia.

QUESTÃO:
14 . A educação difusa, observada entre as sociedades tribais, é caracterizada pelo aprendizado através da imitação e pela participação de todos no processo educativo. Escreva sobre esse modelo educacional em que as crianças aprendem as artes, ofícios e ritos, vinculando-se ao restante do grupo e criando, assim, sua identidade étnica e cultural.
RESPOSTA ESPERADA:
O acadêmico deverá escrever três dos itens a seguir:
- as crianças aprendem para a vida e por meio da vida, observando e imitando as ações dos mais velhos;
- a formação é integral, abrangendo todo o saber da tribo;
- todos participam desse processo educativo. As crianças adquirem gradativamente os conhecimentos necessários e considerados essenciais para a tribo;
- os adultos demonstram muita paciência com os enganos infantis e respeitam o seu ritmo próprio;
- todos têm acesso ao saber e ao fazer apropriados pela comunidade.

QUESTÃO:
15. Atenas foi uma das cidades-estado da Grécia Antiga que mais se destacou no processo de desenvolvimento da educação. De acordo com alguns autores, foi um dos modelos educacionais que mais influenciou para a formação do “homem ocidental”, ou seja, do nosso modelo de educação. Partindo desse pressuposto, escreva uma redação com o seguinte tema: A INFLUÊNCIA DA EDUCAÇÃO ATENIENSE NA EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA.
RESPOSTA ESPERADA:


Esperamos que o acadêmico relacione as seguintes influências:
* A educação com propósitos sociais: o objetivo da educação ateniense era formar bons cidadãos, para o cumprimento de suas obrigações sociais.
* A educação mediada por um especialista: utilizavam um escravo especial, o pedagogo, que era cuidadosamente escolhido para a educação das crianças.
* A “civilização” da educação: através da educação pelo modo cavalheiresco, que reunia em um só corpo a beleza física e também moral de um indivíduo, os atenienses foram os primeiros gregos que abandonaram seu antigo costume de andarem armados e a adotar um gênero de vida menos rude e mais civilizado.




Provas da Uniasselvi - Geografia Econômica

Pra dar aquela forcinha na hora de estudar 📖 ...uma ajudinha :D ✌️  👌  😜


Avaliação Final (Discursiva) - Individual e sem Consulta

Geografia Econômica 


QUESTÃO:
1. A Revolução Industrial constituiu um marco significativo na História do mundo ocidental, por ser considerado o ponto de partida de uma série de mudanças no cotidiano moderno. Os efeitos da substituição do trabalho manual pelo trabalho do homem manobrando aparelhos complicados trouxeram uma carga hereditária ostensiva para a vida em sociedade. Deste ponto, surgiram revoluções na demografia, na agricultura, no comércio, nos transportes e principalmente nos princípios empresariais de administração com relação à inovação da produtividade. Escreva uma redação com a tema: A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E SEUS EFEITOS NA SOCIEDADE.

RESPOSTA ESPERADA:
A revolução foi um dos acontecimentos que mais impactou as sociedades, com relação à forma destas se relacionarem entre si e com a natureza. A exploração do homem pelo homem, através do trabalho assalariado e da mais-valia, fez com uma pequena parcela da população, proprietária dos meios de produção e das técnicas fosse acumulando capital e poderes políticos, econômicos e tecnológicos. 
Entretanto, nenhuma das consequências das revoluções industriais foi tão significativa quanto o processo de urbanização. As populações migraram para as cidades e, com o tempo, o processo de urbanização se completou. As cidades, que antes eram mal organizadas, mal iluminadas e sem saneamento básico foram recebendo infraestrutura que, no decorrer dos anos, melhorou significativamente a vida de seus habitantes, o que levou a um crescimento vegetativo ou demográfico elevado denominado explosão demográfica. Além destes reflexos, há os problemas relacionados com a poluição. As industrias jogaram efluentes de todos os tipos na natureza sem os devidos cuidados, causando eventos catastróficos. Na agricultura, a mecanização do campo, o uso de agrotóxicos, a irrigação e a biotecnologia aumentaram a produção de alimentos.


QUESTÃO:
2. A orientação econômica de Getúlio Vargas para incentivar a industrialização e a modernização do Brasil consistia na intervenção do Estado na economia, aceitando a participação de capitais estrangeiros como associados ao capital nacional, sem se constituir em majoritário. Assim, não poderia dominar setores estratégicos da economia brasileira. O processo da industrialização do Brasil, já iniciado nas décadas anteriores, teve um salto quantitativo e qualitativo após a crise do café, decorrente da crise mundial.  Disserte sobre as transformações que ocorreram no cenário brasileiro durante o governo de Vargas (1930-1945 e 1951-1954) e os principais impactos sociais causados por tais transformações.

RESPOSTA ESPERADA:
Com a crise do café acelerou-se o processo de implantação da indústria através do processo de substituição de importações, com a utilização de capitais nacionais. O governo Vargas responsabilizou-se pela modernização da infraestrutura (indústrias de base e as que fornecessem fontes de energia), com apoio total à intervenção do Estado na economia. O processo de urbanização se acelerou. As consequências foram imediatas: desemprego no campo, êxodo rural; aumento do mercado consumidor e oferta da mão de obra operária, com mudanças na forma de trabalho - agricultura-indústria; crescimento desordenado das cidades; migrações internas do Nordeste para o Sudeste.

QUESTÃO:
3. A industrialização brasileira, ao mesmo tempo em que proporcionou modernização de setores da economia, trouxe também problemas, como, por exemplo, o êxodo rural e o crescimento urbano desordenado. Tais processos exigiram dos governantes medidas para minimizar seus efeitos negativos. Disserte sobre o que foi o êxodo rural, suas causas e consequências.

RESPOSTA ESPERADA:
O êxodo rural é a saída da população do campo para as cidades. Este processo se intensificou nos países de industrialização tardia, com a entrada das empresas estrangeiras ou filiais de multinacionais, que aceleraram o processo do êxodo rural já em curso, pois estes países estavam se desenvolvendo com capitais nacionais. A mecanização do campo, o desemprego e as precárias condições de trabalho, a falta de infraestruturas educacionais e de saúde, com a ilusão da busca por melhores condições de vida aceleraram o êxodo rural. 

Nas cidades, as consequências foram: crescimento rápido acelerado e desordenado, provocando o inchaço dessas cidades. Construção de sub-habitações (favelas); falta de saneamento básico; miséria; condições de vida não adequadas ou dignas; problemas sociais, como violência, tráfico e mendicância.

QUESTÃO:
4. O modo de produção define a organização econômica, social e política das sociedades. Atualmente, o modo de produção predominante é o capitalismo, no qual se inclui o Brasil e demais países da América, Europa, Ásia e África. Disserte sobre o capitalismo, focando na definição e nas suas características.

RESPOSTA ESPERADA:
O capitalismo é um sistema econômico, social e político, cujos meios de produção estão na mão da iniciativa privada, sempre com fins lucrativos. Assim, é baseado na livre iniciativa e no livre mercado, na lei da oferta e procura, cujo objetivo é o lucro. 
O capitalismo é o sistema socioeconômico baseado no reconhecimento dos direitos individuais, em que toda propriedade é privada e o governo existe para banir a iniciação de violência humana. 
A acumulação de capital é livre e estimulada, tornando objetivo praticamente de todos os cidadãos, chegando, muitas vezes, a se tornar obsessão. 
A sociedade capitalista é dividida em classes sociais, em que, muitas vezes, existe grande desigualdade social.

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...