A casa do 'Seo' Willy

Pesquisadores pedem tombamento da residência do artista Willy Zumblick em Tubarão (SC)

Ela possui valor cultural inestimável, por isso, deve ser distinguida com sua inscrição no chamado Livro do Tombo, para protegê-la de eventual destruição ou descaracterização.
Texto de Volnei Martins Bez, Valmiré Rocha dos Santos e Carlos Rocha*



Desde a morte de Willy Zumblick, em 2008, temos desenvolvido esforços para alertar as autoridades e poderes públicos no sentido da preservação do prédio da casa onde viveu o cidadão e artista famoso de Tubarão.

Elaboramos minuta de projeto de lei, com a devida justificativa e as informações necessárias ao tombamento do imóvel, e o encaminhamos, como forma de impedir a sua derrubada ou mesmo sua descaracterização. Sugerimos que esse procedimento fosse incluído na agenda de atividades destinada às comemorações do centenário de nascimento de Zumblick.

O tombamento constitui-se no ato mais simplificado, porque não requer dispêndio financeiro pelo poder público, considerando que o imóvel permanece sob a propriedade e domínio de quem de direito, podendo, inclusive, ser vendido, alugado, ou utilizado para quaisquer fins.

Ele apenas protege o imóvel contra eventual demolição ou descaracterização. Em etapa seguinte, poderia a Casa de Willy Zumblick vir a ser transformada em local de cultura e saber, prestando-se como abrigo de suas principais obras e ponto de visita obrigatório aos interessados em sua arte, a estudantes, à realização de cursos, palestras e atividades afins, resultando num extraordinário contributo à cultura catarinense.

Notório que órgãos culturais, federais e estaduais, dispõem de recursos, habitualmente não requisitados, para a transformação da velha casa do artista numa fundação e museu.

A casa do "seo" Willy é referência da cidade. Ali viveu a maior personalidade de toda a história tubaronense. Possui valor cultural inestimável, por isso, deve ser distinguida com sua inscrição no chamado Livro do Tombo, para protegê-la de eventual destruição ou descaracterização. Essa providência visa preservar o patrimônio e a memória cultural de Willy Zumblick.

Os bens, que constituem os elementos formadores do patrimônio, são ícones repositórios da memória, permitindo que o passado interaja com o presente, transmitindo conhecimento e formando a identidade do povo. Willy Zumblick construiu e se constitui em parte da história de Tubarão, legando às gerações futuras, um tesouro artístico-cultural e um exemplo de cidadão e cidadania capazes de propiciar o conhecimento e a compreensão da história da sua terra e da sua gente pelas gerações vindouras. A destruição desse bem material, de enorme significado social e cultural, representará o rompimento do conhecimento sobre a vida e a obra do artista e do cidadão.

Além do mais, todos os bens de natureza material e imaterial, de interesse cultural que possuam significado histórico, cultural ou sentimental, e que sejam capazes, no presente ou no futuro, de contribuir para a compreensão da identidade cultural da sociedade que o produziu devem ser preservados. O tombamento seguramente representará benefícios para a cidade. Com a preservação da sua história, pode vir a produzir conhecimentos sobre o artista e a sua cidade; poderá vir a incrementar o processo ensino-aprendizagem dos estudantes, beneficiar o turismo, além de representar, por si, uma relevante conquista.

A legislação especifica que quando um bem material for julgado de relevante interesse cultural para o município, para o Estado e/ou para o país e, especialmente, quando por algum motivo se julgar que o bem pode sofrer qualquer tipo de ameaça, pode e deve ser solicitado o tombamento. É isso o que temos feito. É isso que, novamente, estamos fazendo em nome da memória do "seo" Willy.

* Os autores são pesquisadores da vida e da obra de Willy Zumblick

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...